Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

livrosquesãoamigos

livrosquesãoamigos

a3bd5a56fc1205c6037d9462a6eb6623.jpg

Tenho um livro em branco do Circulo de Leitores de 1983. É um livro para apontamentos e outras coisas que nos passem pela cabeça. A mim serviu-me para inscrever nele poemas e escritos da minha alma adolescente, um dia destes perco a vergonha e publico algum deles. Quando deixei de lastimar-me no papel, (presumo que cresci e percebi o quão parva estava a ser) deixei-o a descansar por uns anos, e depois lembrei-me de o utilizar para tomar nota dos livros que ia lendo.

Agora tenho um registo das minhas leituras desde 2007. São doze anos, 360 livros, o que dá uma média de 30 livros/ano.

O ano em em que mais li foi 2013, 38 livros lidos. O ano em que menos li foi 2017 com 14 livros apenas.

E foram muito curiosas estas constatações, 2017 foi o ano em que a minha actividade profissional alterou-se, o que me deixou com menos tempo livre. Os 38 não tenho qualquer explicação.

O ano que agora se findou, surpreendentemente li 25, o que me deixa perplexa, porque ao criar o blog fiquei com bastante menos tempo para os livros (do que já me tenho queixado) , no entanto, li mais do que nos anos anteriores, em que não tinha blog.

Estas estatísticas valem o que valem, nunca tinha feito um estudo do que leio ou não leio, nem considero importante. As minhas leituras seguem um ritmo muito próprio, dependem da vontade, do estado de espírito, e logicamente do tempo disponível. Mas sem qualquer dúvida, será um hábito e um prazer, que com certeza acompanhar-me-a o resto da minha vida, assim não me ataque o alemão.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.