Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

livrosquesãoamigos

livrosquesãoamigos

09 Nov, 2020

Duplo Zimler

20201108_214443.jpg

Não é habitual ler livros do mesmo autor seguidos. Mas ao ler um deles houve referências ao outro, e aí decidi-me. Foi dupla dose de Richard Zimler. 

 

" À procura de Sana"

Gostei muito deste livro. Hipnotizou-me desde a 1º página. Ficamos envolvidíssimos na história de vida de Sana e Helena, com a personalidade de ambas, ao mesmo tempo que nos envolvemos nos problemas que grassam no médio oriente numa época sempre conturbada entre israelitas e palestinianos.

Levantou a mão direita acima da cabeça e acenou adeus sem se voltar, como se estivesse com medo de me olhar uma última vez. À medida que caminhava, ia sacando dos bolsos pedras ínvisiveis que atirava para os lados. Ergueu-se em bicos de pés, mais leve a cada passo que dava, e saltou para dentro do elevador, os braços abertos, como que para voar.

 

" O último cabalista de Lisboa"

É uma viagem ao princípio do séc.XVI, a uma Lisboa desconjuntada pela perseguição aos cristãos-novos, e ao pogrom em que foram assasinados numa fogueira em pleno Rossio. As principais personagens pertencem a uma família de cristãos-novos residente em Alfama, cujo patriarca, Abraão Zarco, é um iluminador e membro da célebre escola cabalística de Lisboa.

Ouço meu tio dizer-me : " Caro Berequias, a vida propõe-nos muitas veredas que não levam a lado nenhum, portas que se abrem sobre meros abismos, escadas que sobem até portões fechados a cadeado". E recordo que ele costumava dizer-me que todas as vidas são uma peregrinação ao Shabat. " Mesmo que assim seja - penso -, então todos nós tomamos as estradas com mais desvios para lá chegar".

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.